Passageiro não será afetado - 12/07/2016, 15:31

Nova bilhetagem eletrônica começa a ser implantada nos ônibus de Teresina

Novos equipamentos serão instalados em todas as linhas da capital num prazo de, no máximo, dois meses



Édrian Santos / O Olho Midi tacom 6 768x807 Novo validador é mais moderno

No final da manhã desta terça-feira (13/07) o O Olho constatou que alguns ônibus de Teresina já estão recebendo um novo sistema de bilhetagem eletrônica. Os novos validadores, que são da empresa Tacom, apresentam um design mais moderno, com display colorido e de fácil identificação dos dados do passageiro, de acordo com seus benefícios (estudantes, trabalhadores, idosos ou pessoas com necessidades especiais).

O ônibus que a reportagem verificou é do Consórcio Urbanos, de linha 365 – Universidade Circular 2. De acordo com o cobrador do coletivo, os novos equipamentos serão instalados em todas as linhas da capital num prazo de, no máximo, dois meses. “Ele é melhor para ver os dados do passageiro. Dá para observar quando o cartão está bloqueado, vencido ou sem crédito. E o passageiro não vai ficar precisando perguntar toda vez o seu saldo”, explicou.

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Teresina (Strans) esclareceu ao O Olho que não haverá mudanças quanto ao uso da bilhetagem eletrônica. O sistema antigo permanecerá o mesmo, mas a tecnologia usada nos novos validadores foi o que motivou a troca pelos anteriores. “A implantação está sendo gradual e acontece desde a inauguração dos terminais de integração de Teresina, como forma de modernizar o novo sistema de integração da cidade”, completou o órgão.

DIFERENCIAL

De acordo com a Tacom, responsável pela implantação da nova bilhetagem eletrônica, os equipamentos permanecerão controlando a biometria facial e documentando fraudes (advertência e bloqueio dos cartões). Também haverá o acompanhamento das operações onlines por meio do GPS e permitir a comunicação entre a central de comando e o condutor para que correções imediatas sejam feitas.

Além disso, a tecnologia permite ao passageiro acompanhar a previsão de chegada dos ônibus nas estações de embarque.


Fonte: noticias.oolho.com / Édrian Santos