GOVERNO - 13/05/2019, 12:00

10 mil alunos já são beneficiados com Universidade Aberta do Piauí

O Núcleo de Educação a distância (Nead) está em 155 municípios do Estado



Reprodução Midi uapi Ilustração

Criada e mantida pelo Governo do Estado, a Universidade Aberta do Piauí (UAPI) alcançou um número de 10 mil alunos em 155 municípios do Piauí. Os dados fazem parte de um estudo feito pelo professor Vinícius Oliveira, apresentado na Conferência Internacional em Formação e Inclusão, realizada em Lisboa, capital de Portugal, e publicado pela Universidade Aberta de Lisboa.

O Núcleo de Educação a distância (Nead) está em 155 múnicipios do Estado. Desses 155, 120 fazem parte do programa UAPI, e os 35 do programa UAB. Nos programas são oferecidos 7 cursos de graduação e 1 de pós-gradaçao.

Universidade Aberta do Piauí (UAPI) 

A UAPI é um programa de ensino voltado para o desenvolvimento da educação a distância, que busca expandir e interiorizar a oferta de cursos e programas de educação superior por meio de estratégias de inovação tecnológica.

Implantação do Projeto 

A implantação dos cursos aconteceu em forma de parcerias, principalmente com a UESPI (Universidade Estadual do Piauí).

Vinícius Oliveira falou sobre a grande importancia e o trabalho realizado pelo projeto. “O grande diferencial da Universidade Aberta do Piauí diz respeito ao seu processo de trabalho, no qual temos uma mediação tecnológica por meio da televisão, que permite que professores dialoguem e interajam com alunos de Norte a Sul do Piauí emtempo real. A possibilidade de fazer isso auxiliado por tutores que acompanham as atividades postadas na plataforma faz com que possam alcançar em um futuro muito próximo os 224 municípios do estado”, afirma.

O Governador Wellington Dias falou sobre os resultados que a educação traz para o Estado, e a importância da educação. “À medida que tenhamos pessoas estudando no local onde vivem, as chances do saber desse profissional, bem como do conhecimento e preparo técnico ficarem no nível local é maior. Todos os resultados obtidos até hoje, realmente, mostram que a educação utilizando a mediação tecnológica vem produzindo resultados tão bons como aquela tradicional. Nossos resultados são evidenciados por meio de toda a estatística de empregabilidade e também do grau de satisfação que esses profissionais têm tido ao receber o seu diploma”, concluiu. 


Fonte: Com informações do Jornal Meio Norte